GoogleAnalytics

sábado, 17 de janeiro de 2015

Jovem de Paranaguá é Morto a tiros na Capital do Estado.

Atiradores usam submetralhadora para ‘peneirar’ carro; dois morrem na hora e um consegue sair.
Foto: BH/Banda B
Três jovens que estavam dentro de um Voyage foram baleados no fim da tarde desta sexta-feira (16) no Bairro Alto, em Curitiba. O carro foi alvejado por tiros de submetralhadora e dois morreram na hora. Um terceiro, Rodrigo Gilmar Halama, 26 anos, foi socorrido ao Hospital Cajuru. A Polícia Civil investiga o crime e acredita que tenha sido motivado pela disputa do tráfico de drogas. As vítimas tinham passagens pela polícia e estavam com documentos falsos.
O crime aconteceu às 18h45 no momento em que os três jovens saíram de casa, próximo da rua Brasílio de Lara com a avenida Victor Ferreira do Amaral. Os atiradores abordaram o carro, desceram e atiraram várias vezes. O motorista e o passageiro que estava no banco da frente morreram na hora. O passageiro de trás conseguiu abrir as portas e sair do carro, mesmo ferido. As cápsulas ficaram no chão e vão auxiliar a polícia na investigação.
A região foi totalmente isolada com a chegada da Polícia Militar (PM). Moradores ficaram assustados, mas conseguiram identificar o veículo dos atiradores. “O cara estava todo furado, nunca vi aquilo. Se não morreu na hora, morreu na ambulância. Vim deixar um amigo aqui e ouvi todos aqueles tiros, foi assustador. Mas vimos que foi um Renaul Logan, acho que até a placa anotaram porque tinha bastante gente na rua”, disse uma testemunha à Banda B.
O estado de saúde de Halama é grave, mas ele não corre risco de morte. Mesmo consciente, ele não soube informar mais detalhes aos policiais. “Assim que chegamos a prioridade era para ele, que apresentava sinais vitais, ainda. Ele tinha muitos ferimentos, mas nenhum atingiu órgãos vitais. Entregamos no hospital estável”, descreveu o socorrista Alcântara do Siate.
O tenente Kretschmer da Polícia Militar (PM) acredita que o crime seja uma disputa entre o tráfico de drogas na região, já que gramas de maconha foram encontradas na residência de um deles. “Eles moravam perto, eram amigos, tinham documentos falso, já tinham passagem pela polícia e na casa tinha drogas. Tudo leva a crer que esse crime foi uma disputa pela região”, disse o tenente à Banda B.
Na residência de uma das vítimas fatais a polícia encontrou um fuzil 556 utilizado pelas Forças Armadas. Um dos mortos, que estava com identidade falsa, foi identificado oficialmente como Diego Felipe Pontes Monteiro, 24 anos. O outro ainda está sem identificação. Ambos foram levados ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.

Por Elizangela Jubanski e Bruno Henrique
FONTE: Banda B



http://www.bandab.com.br/jornalismo/atiradores-usam-submetralhadora-para-peneirar-carro-dois-morrem-na-hora-e-um-consegue-sair/ 

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Comprimidos de ecstasy, pedras de crack, cocaína e duas armas são apreendidas pela PM em Guaratuba, litoral do PR; sete são encaminhados

Sete pessoas, sendo dois adolescentes, foram encaminhados à delegacia suspeitas de estarem envolvidas com o tráfico de drogas no litoral do estado. A ação ocorreu na tarde desta terça-feira (06/01) e foi desencadeada por policiais militares atuantes na “Operação Verão Paraná 2014/2015”, subárea de Guaratuba (PR). A ocorrência resultou na apreensão de duas armas, 64 pedras de crack, 10 buchas de cocaína e 17 comprimidos de ecstasy.

“Havíamos recebido uma denúncia de que estaria ocorrendo tráfico de drogas na região do bairro Carvoeiro divisa com Piçarras. Por volta das 14h, a equipe foi até o local onde avistou alguns usuários transitando, os quais foram abordados e confessaram estar na ali para comprar drogas. O trio indiciou a casa onde iriam comprar a droga e os policiais realizaram a abordagem”, conta o Coordenador Operacional da Operação Verão Paraná 2014/25015, capitão César Kamakawa.

No momento da abordagem estava um adolescente, de 17 anos, no local. Segundo o oficial da PM, foram apreendidos na residência 64 pedras de crack, 10 buchas de cocaína, 17 comprimidos de ecstasy e um revólver calibre 38 com quatro cartuchos intactos.

“Enquanto realizávamos a documentação dos envolvidos verificamos que havia denúncias de uma outra residência, bem próxima do local onde estávamos. Fomos até esta casa e efetuamos a abordagem”, conta o capitão Kamakawa. Na casa, onde estavam dois homens e uma adolescente, os policiais encontraram um revólver calibre 38, sem munições.

Os três usuários, os dois homens e os dois adolescentes foram encaminhados, juntamente com as armas de fogo e os entorpecentes, à Delegacia de Polícia Civil para que as medidas cabíveis fossem tomadas. 

Por Marcia Santos
Jornalista PMPR
Fonte: http://www.pmpr.pr.gov.br/





terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Estradas paranaenses tem queda no número de acidentes, feridos e mortos durante o Réveillon

Divulgado nesta segunda-feira (05/01), o relatório do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) apontou que durante o Réveillon, entre os dias 31 de dezembro de 2014 e 5 de janeiro de 2015 houve redução nos casos de acidentes, de feridos e de mortes em comparação ao ano anterior. No litoral do estado, a queda de acidentes foi de 60% e de feridos foi de 80%. Em todo o estado, a redução foi de 31% em acidentes e de 28% em feridos.

Segundo o oficial de planejamento do BPRv, capitão Cristiano Carrijo Gonçalves Mota, a mudança na legislação e a presença policial foram os fatores determinantes para a queda nas estatísticas. “O aumento do valor da multa por ultrapassagem em local proibido e a intensificação das ações policiais nas rodovias refletiu no comportamento do motorista, que evitou trafegar acima da velocidade permitida e reduziu a incidência de delitos no trânsito”, explicou o capitão.

A operação iniciou-se no dia 31 de dezembro de 2014 (terça-feira) e finalizou as atividades ao meio dia de segunda-feira (05/01) de 2015. Ainda segundo o capitão Carrijo, neste ano o BPRv aumentou o efetivo, incluindo policiais da área administrativa, e intensificou as operações nos pontos com maior número de acidentes e mortes. “A unidade conta com modernos equipamentos, como os etilômetros e os radares móveis, proporcionando fluidez no trânsito aos motoristas”, disse.

De acordo com os dados repassados pela unidade, o número de acidentes em todo o estado reduziu de 160 em 2013 para 109 em 2014, seguido pelo índice de mortos, que de 16 caiu para 9. O número de feridos também apresentou queda de 151 em 2013 para 108 em 2014. Também apresentaram redução os índices de prisões por embriaguez (20%) veículos retidos por irregularidades (78%), imagens por radar (37%) e em autuações (26%).

Nas rodovias litorâneas, o BPRv registrou a queda de 60% nos acidentes (35 em 2013 contra 14 em 2014), 80% no número de feridos (de 20 em 2013 para 4 em 2014), 25% nas prisões por embriaguez (4 caiu para 3), 71% nos veículos retidos por irregularidades (de 164 para 46) e de 69% em autuações por infração de trânsito. Ainda no litoral, houve aumento de 4 para 5 nas infrações por dirigir embriagado e de 184 para 331 o número de imagens por radar.

“O motorista sempre deve estar atento na estrada, principalmente com ultrapassagens em locais proibidos, o que pode ocasionar o acidente que mais mata nas rodovias paranaenses: a colisão frontal, que aumenta em quatro vezes o risco de morte das vítimas”, alerta o capitão.

O oficial da unidade passa algumas orientações que devem ser seguidas para evitar surpresas indesejadas. ”O consumo de bebidas alcoólicas ao dirigir. A embriaguez ao volante é um fator potencializador de acidentes, pois torna o motorista desatento, imprudente e negligente. Além disso, os motoristas devem estar atentos com a legislação e se adequar o mais breve possível para que ao viajar tenham segurança e tranquilidade”, disse o capitão Carrijo.

Por Marcia Santos
Jornalista PMPR
Fonte: http://www.pmpr.pr.gov.br/

Secretário Francischini conversa com guarda-vidas no litoral e assume compromisso de pedir celeridade para Anteprojeto que melhora carreira das praças

Em uma conversa na manhã deste domingo (04/01/15) na orla de Matinhos (PR), litoral do estado, o Secretário de Segurança Pública Fernando Francischini informou ao Cabo José Antônio de Andrade, do Corpo de Bombeiros, lotado em Cascavel (PR), e demais oficiais e praças presentes, que neste ano de 2015 não medirá esforços para melhorar a carreira das praças da Polícia Militar do Paraná.

“Minha primeira atitude deste início de ano será, pessoalmente, pedir celeridade à Assembleia em relação ao Anteprojeto de Lei de nº 394/2014, o qual, entre outros ajustes, prevê a criação do Curso Especial para Formação de Sargentos”, garante o Secretário. O Secretário lembra ainda que outros benefícios estão sendo estudados para melhorar o desenvolvimento da carreira das praças da corporação.

O Anteprojeto, que está na Assembleia, prevê a modificação da Lei a Lei nº 5940, de 1969, criando o Curso Especial de Formação para Sargentos, que motivará policiais e bombeiros militares cabos, com maior tempo de serviço na PMPR. “Isto, por fim, vai refletir na qualidade de prestação de serviços à comunidade”, disse Francischini.

O Secretário conversou com o cabo (guarda-vidas) ao final de uma caminhada por toda orla de Matinhos, que teve como objetivo conhecer e cumprimentar os guarda-vidas que atuam no litoral na temporada de Verão. Este foi o segundo dia de patrulhamento feito por ele pelas orlas paranaenses; ontem (03/01/15) o Secretário conversou com os guarda-vidas em Guaratuba.

“Meu sonho é terminar minha carreira como sargento da Polícia Militar, por isso fico muito feliz e satisfeito com a informação do secretário de que fará de tudo para melhorar nossa carreira na corporação; ele se comprometeu, disse para termos esperanças”, destaca o cabo que tem 28 anos de serviço e que em todos os anos trabalhou como guarda-vidas nas operações Verão.

O Secretário Francischini caminhou acompanhado pelo Coronel Fabio Mariano de Oliveira, Chefe do Estado Maior do Corpo de Bombeiros, Major Paulo Henrique de Souza, Comandante do 8º Grupamento de Bombeiros do Liroral, Capitão Fabrício Frazatto dos Santos, do 3º Subgrupamento de Bombeiros do Litoral (Guaratuba), Capitão Douglas Martim konflanz, 2º Subgrupamento de Bombeiros do Litoral (Matinhos).

Por Marcia Santos
Jornalista PMPR

Fonte: http://www.pmpr.pr.gov.br/

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

A partir de 01 de janeiro a tarifa de ônibus será R$ 2,90

A empresa Viação Rocio apresentou uma tabela com valores ao prefeito Edison de Oliveira Kersten e ao secretário de Serviços Urbanos Carlos André Griguc onde a tarifa passaria para R$ 3,20. Houve uma negociação entre a prefeitura e a empresa e a passagem ficou em R$ 2,90. Aumento ficou abaixo da inflação dos dois últimos anos.

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos – Semsu, informa que a partir de 01 de janeiro a tarifa de ônibus será de R$ 2,90.

A empresa Viação Rocio apresentou uma tabela de valores onde a tarifa ficaria em R$ 3,20, porém com a negociação entre o prefeito Edison de Oliveira Kersten, o secretário de Serviços Urbanos,Carlos André Griguc onde teve um aumento de apenas R$0,10. Houve uma negociação entre a prefeitura e a empresa e a passagem ficou em R$ 2,90. Aumento ficou abaixo da inflação dos dois últimos anos.

Conforme o decreto número 2041/2014 as tarifas de ônibus ficarão da seguinte maneira: R$ 2,90 paga com dinheiro, R$ 2,75 paga com cartão e R$ 1,38 a passagem estudante paga em modo eletrônico, através do Cartão VIP.

Fica em R$ 1,50 o valor da tarifa para o Transporte Coletivo no Município aos Domingos, exceto para as linhas madrugadeiras.

O decreto está no portal da transparência do site www.paranagua.pr.gov.br

Jornalista: Suzane Cicarello
Fonte: http://www.paranagua.pr.gov.br/ 

Polícia Militar realiza “Operação Réveillon” e garante segurança durante a virada; 25 pessoas são encaminhadas por perturbação do sossego

Nas primeiras 24 horas da “Operação Reveillon” – desencadeada por policiais militares atuantes na “Operação Verão Paraná 2014/2015” para aumentar a segurança durante a virada – foram abordadas 1.047 pessoas (das quais oito foram presas), 296 veículos e emitidas 62 notificações de trânsito urbano. “Apesar de algumas situações pontuais, este foi um dos réveillons mais tranquilos e seguros dos últimos anos”, avalia o major Nivaldo Marcelos, Coordenador da Operação Verão Paraná 2014/2015 na Costa Leste e Comandante do 9º Batalhão da PM.

“Uma das coisas mais importantes nesta virada é que mesmo com um número muito grande de pessoas no litoral, tivemos apenas 11 casos de furto; já a perturbação do sossego, por sua vez, aumentou em 359%, subindo de 17 boletins registrados no ano passado contra 78 neste, sendo, então, 31 conjuntos de sons apreendidos e 25 Termos Circunstanciados lavrados [25 pessoas encaminhadas]”, destaca o major. Estes dados compreendem o período que vai das 5h do dia 31/12 às 5h do dia 1º de janeiro, de ambas as temporadas, em comparativo.

Segundo estimativa da própria Polícia Militar, cerca de 1,3 milhões de pessoas passaram a virada de ano no litoral, entre população residente e flutuante, mantendo o mesmo índice da virada anterior. Os dados são do relatório da Operação Verão Paraná da Polícia Militar do Paraná, divulgado na manhã desta quinta-feira (01/01/15).

A PM também registrou no período de 24 horas de operação, a apreensão de uma arma de fogo, além de um simulacro (arma de brinquedo) de submetralhadora, ambas em Matinhos, e do recolhimento de 13 veículos ao pátio, por diversas irregularidades de trânsito. Também foram distribuídas, neste período, 1.314 pulseirinhas para crianças. “Muitos pais aproveitam e colocaram pulseirinha nas crianças para ver os fogos com tranquilidade à noite”, frisa o major.

CRIMES AMBIENTAIS - O Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) registrou, durante o primeiro dia do ano, uma ocorrência por crime contra a fauna, duas contra a flora e quatro por pesca ilegal.

BOMBEIROS - As equipes de guarda-vidas do Corpo de Bombeiros registraram nas 24h da operação um total de 1.247 advertências, 12 salvamentos e nenhum afogamento.

RODOVIÁRIA – Os policiais militares do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), realizaram, nas 24h da operação, 117 vistorias veiculares, sendo emitidas 27 atuações gerais. Foram emitidas 14 multas por excesso de velocidade, três por infração de embriaguez (Art. 165) e 2 por crime de embriaguez (Art. 306) – encaminhamento à delegacia. No total foram três acidentes sem feridos nem mortos.

GRAER – O Grupamento Aéreo Policial e Resgate (Graer), que também está atuando intensamente no litoral, realizou patrulhamento aéreo em todas as praias nestas 24h.

Por Marcia Santos
Jornalista PMPR
Fonte: http://www.pmpr.pr.gov.br/


quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Ações da PM na “Operação Verão Paraná 2014/2015” resultam na apreensão de ecstasy, lança perfume, maconha, cocaína e dinheiro, em Pontal

Durante três ações diferentes na madrugada e na manhã deste domingo (28/12), policiais militares atuantes na “Operação Verão Paraná 2014/2015”, da subárea de Pontal do Paraná, litoral do estado, efetuaram o encaminhamento de quatro pessoas à delegacia, uma delas adolescente. As ocorrências resultaram na apreensão de comprimidos de ecstasy,  frascos de lança perfume, certa quantidade de maconha, buchas de cocaína e R$ 1,4 mil em dinheiro.

Na primeira ação, por volta da 1h, a equipe efetuou a abordagem de dois rapazes que estavam em uma área isolada a beira mar no balneário de Ipanema. “A equipe achou a atitude suspeita e após busca pessoal localizou, com um dos suspeitos, um pote pequeno de bala onde havia certa quantidade de maconha”, conta o aspirante Walla Souza Adairalba. O rapaz foi levado à Delegacia de Polícia Civil de Ipanema, juntamente com a droga, para que um Termo Circunstanciado fossem lavrado.

Algumas horas depois, por volta das 3h30, os policiais efetuaram a abordagem de algumas pessoas que estavam em um bar no balneário de Shangrilá. “Localizamos no tênis de um homem, após busca pessoal, duas buchas de cocaína. Ele foi levado  à Delegacia de Polícia Civil de Ipanema para as medidas cabíveis”, explica o aspirante Adairalba.

ECSTASY - Em outra situação, também em Shangrilá, por volta das 6h30, os policiais militares apreenderam cerca de 50 comprimidos de ecstasy, 12 frascos de lança perfume e R$ 1,4 mil em dinheiro. Durante a ação um adolescente e um rapaz foram encaminhados à delegacia.

“Um policial do Serviço Reservado estava realizando monitoramento em uma festa que ocorria no balneário quando avistou duas pessoas em atitude suspeita. Foi realizada a abordagem sendo localizado o entorpecente e o dinheiro na bolsa do adolescente e certa quantia da droga na cueca do outro envolvido”, explica o aspirante Adairalba. 

Por Marcia Santos
Jornalista PMPR
Fonte: www.pmpr.pr.gov.br

Corpo de Bombeiros da PM registra primeiro afogamento no litoral, nesta temporada

O Corpo de Bombeiros da Polícia Militar registrou na madrugada desta terça-feira (30/12) o primeiro óbito por afogamento da Operação Verão Paraná 2014/2015. O rapaz, de 17 anos, se afogou nesta segunda-feira (29/12), por volta das 07h40, no Balneário Praia de Leste, em Pontal do Paraná, mas foi socorrido pelos guarda-vidas e encaminhado ao hospital, de helicóptero, onde faleceu nesta madrugada.

“Ele estava sozinho banhando-se fora do horário de funcionamento dos Postos de guarda-vidas (PGV), que, por regra, inicia as 08h00 e se encerra as 20h, todos os dias”, conta o porta-voz do Corpo de Bombeiros na Operação Verão, capitão Fernando Tratch. O oficial contou que após cerca de aproximadamente 30 minutos de buscas, por meio de mergulho, o rapaz foi localizado pelos guarda-vidas e retirado da água em estado grave, com parada cardiorrespiratória.

Neste momento, de acordo com ele, foram realizados os procedimentos de desobstrução de vias aéreas e ressuscitação cardiopulmonar (RCP) pelos guarda-vidas, até a chegada de apoio. Ele foi transportado pela tripulação do helicóptero Falcão IV, do Batalhão de Policia Militar de Operações Aéreas da Policia Militar (BPMOA) às 09h50min para o Hospital Regional do Litoral (HRL), em Paranaguá, “com sinais vitais espontâneos.”

Para o resgate, os bombeiros utilizaram um bote inflável de salvamento, três viaturas de Busca e Salvamento e uma ambulância, além do apoio da aeronave do BPMOA e de 10 guarda-vidas. “Lembre-se sempre, afogamento não é acidente, não acontece por acaso, tem prevenção e essa é a melhor forma de tratamento”, alerta Tratch.

O Corpo de Bombeiros informa que o horário e a localização do Posto de Guarda-vidas podem ser encontrados através do site do www.bombeiros.pr.gov.br.

Por Marcia Santos
Jornalista PMPR
Fonte: http://www.pmpr.pr.gov.br/

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Ações da PM na Operação Verão Paraná são reforçadas para a passagem do feriado de Natal no Litoral Paranaense.

A Polícia Militar do Paraná (PMPR) atua ainda mais intensamente desde a manhã desta quarta-feira (24/12) com o objetivo de reforçar o policiamento nos balneários, ruas e avenidas, bem como rodovias e proximidades do mar devido ao número de pessoas que desce à costa leste para passar o feriado de Natal. As atividades a serem desenvolvidas fazem parte do policiamento que vem sendo realizado desde o último dia 18/12, com o início da Operação Verão Paraná 2014/2015.

“Neste período, que está no litoral, deve tomar alguns cuidados básicos como não contar dinheiro na rua, andar com dinheiro em pouca quantidade, usar cartões para as compras, carregar bolsas em frente ao corpo, evitar portar carteiras nos bolsos de trás, não ostentar joias e objetos de valor, trancar bem o carro, ficar atento – já que muitos crimes ocorrem porque a pessoa “relaxa” em sua segurança facilitando a ação de oportunistas”, alerta o Major Nivaldo Marcelos, Coordenador Operacional da Operação Verão Paraná 2014/2015 e Comandante do 9º Batalhão da PM.

Ainda de acordo com ele, é a residência, se for ficar fechada, deve-se trancar bem as portas e janelas, evitar ir de carro da casa da praia até a areia, reduzindo a possibilidade de acidentes e o fluxo de veículos na rua, cuidar das crianças procurando identifica-las, nadar perto dos guarda-vidas e sempre procurar manter a ordem e seguir a lei.

“Estamos trabalhando com o aporte de policiais militares para garantir o máximo de segurança e evitar a perturbação do sossego”, ressalta. As atividades serão focadas nos locais de circulação de pessoas, a área comercial central e dos balneários, sem esquecer das ações de polícia ostensiva que busca prevenir a ocorrência de diversos crimes. 

Por Marcia Santos
Jornalista PMPR
Fonte: http://www.pmpr.pr.gov.br/